Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
24/11/23 às 9h09 - Atualizado em 24/11/23 às 9h11

Aprovado projeto modelo para reformar a W3 Norte

Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Conplan) deu o aval para que a mudança do Setor Comercial Local Residencial Norte comece pelas quadras 707/708

Agência Brasília* | Edição: Igor Silveira

O Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Conplan) aprovou, nesta quinta-feira (23), a primeira etapa da reforma na avenida W3 Norte, no Plano Piloto. O projeto modelo elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação do Distrito Federal (Seduh-DF), que passou com ampla maioria de votos no colegiado, prevê a transformação das quadras 707/708 do Setor Comercial Local Residencial Norte (SCLRN) e seu entorno imediato.

Esse trecho foi escolhido como piloto para receber a proposta de reforma de toda a via, sendo replicada posteriormente nas demais quadras da W3 Norte, se adequando as peculiaridades de cada área. No projeto é previsto mais acessibilidade com a criação de calçadas amplas, piso tátil, rotas acessíveis a partir dos abrigos de ônibus e em todos os blocos comerciais, ciclovias e praças renovadas com mais arborização e mobiliário urbano.

Esse trecho foi escolhido como piloto para receber a proposta de mudança de toda a via, sendo replicada posteriormente nas demais quadras da W3 Norte, se adequando as peculiaridades de cada área | Arte: Conplan-DF

“Esse projeto é extremamente importante, principalmente para a população de Brasília”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Vaz. “O projeto das quadras 707/708 da W3 Norte será a primeira requalificação de toda a avenida, a exemplo do que foi feito na W3 Sul, para início da execução já no próximo ano e, em seguida, sua continuidade nas demais quadras”, informou.

É esperada também a reforma e adequação dos estacionamentos, que serão mais bem demarcados e interligados com os bolsões de vagas. Somente nas quadras 707/708 serão 507 vagas para veículos e 118 para motos, além de paraciclos. Ainda é planejada a construção de calçadões ligando as paradas de ônibus da W3 às quadras residenciais, facilitando o acesso de quem passa no local.

Também são propostas novas travessias elevadas para facilitar o percurso de pedestres e de ciclistas que circulam diariamente entre as quadras, além de reconfigurar a via interna entre os blocos comerciais das 700 para ser uma área sinalizada e compartilhada entre carros e pedestres, com velocidade máxima de 30 km/h, chamada de Zona 30. A ideia é tornar a circulação mais segura para todos os transeuntes e veículos.

É esperada também a reforma e adequação dos estacionamentos, que serão melhor demarcados e interligados com os bolsões de vagas. Somente nas quadras 707/708 serão 507 vagas para veículos e 118 para motos, além de paraciclos

Correlator do projeto no Conplan, o conselheiro e representante do Rodas da Paz, Wilde Cardoso, elogiou a qualidade da iniciativa, em especial, a preocupação com a mobilidade. “Houve um trabalho fantástico da equipe da Seduh, junto com o Detran, transformando uma área da comercial das 700 em Zona 30, com ciclovia e passeio compartilhado. Ficou muito bom”, comentou.

No relatório, Wilde Cardoso fez algumas recomendações à proposta, sendo quatro delas acatadas pelo colegiado. Elas incluem ajustes no projeto quanto à mobilidade e organização das praças; consulta ao Serviço de Limpeza Urbano (SLU) quanto a posição de contêineres; a revisão dos documentos atuais do projeto urbanístico; e a promoção de ações de fiscalização sobre as ocupações irregulares de lotes e galerias, recuperando os espaços públicos.

Qualificando a W3 Norte

A proposta da Seduh para a W3 Norte foi elogiada por diversos conselheiros. Uma delas foi a representante do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Distrito Federal (CAU-DF), Giselle Moll. “Há 63 anos essa área não é qualificada. Quem mora lá não tem um espaço público que possa usufruir”, ponderou. “Esse projeto vai, pela primeira vez, conceder qualidade a esse espaço público da W3 Norte, que fica no centro de Brasília. É mais do que urgente qualificar esse local”, destacou.

O Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Conplan) aprovou, nesta quinta-feira (23), a primeira etapa da reforma na avenida W3 Norte, no Plano Piloto | Foto: Divulgação/Conplan-DF

A conselheira e representante da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília (FAU-UnB), Maria do Carmo, parabenizou à Seduh pela iniciativa. “Certamente a intervenção que vai ser feita, do ponto de vista dos espaços públicos, será um update muito bem-vindo e com mais impacto naquela área do que ocorreu na W3 Sul. É uma ação muito relevante”, disse.

Também relator do processo, o representante da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap), Hamilton Lourenço, pontuou os diversos problemas que permeiam atualmente a W3 Norte, desde ocupações irregulares a calçadas em péssimo estado, sendo necessária a reforma do local. “Lá é um Frankenstein, com degraus e rampas degradadas, invasões. Por isso, deixo muito claro meu voto pela aprovação do projeto”, reforçou.

A iniciativa também passou por consulta pública virtual em setembro, com 97,3% dos participantes sendo favoráveis à proposta elaborada pela Seduh.

Próximo passo

O próximo passo é o projeto ser aprovado por uma portaria publicada pela Seduh no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). Depois, a matéria será encaminhada à Secretaria de Obras (SODF) para elaboração dos projetos executivos e complementares, que possibilitarão a execução das obras.

*Com informações do Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (Conplan)