Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
11/04/24 às 11h15 - Atualizado em 11/04/24 às 11h15

Casa de família acumuladora recebe mutirão de limpeza em Planaltina

Ação do Creas retirou toneladas de lixo da residência, entre restos de alimentos estragados e baratas; iniciativa teve o apoio da Vigilância Sanitária, da administração da cidade e da Polícia Civil

Por Agência Brasília* | Edição: Carolina Caraballo

Promover a reconstrução dos vínculos familiares e condições dignas de sobrevivência para uma família de mulheres acumuladoras. Esse foi o intuito de um mutirão de limpeza, coordenado pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) Planaltina, com apoio da Vigilância Sanitária, Administração Regional de Planaltina e Polícia Civil do Distrito Federal, na casa de três mulheres com deficiência mental.

 

Iniciativa do Creas Planaltina retirou toneladas de resíduos de casa onde vivem três mulheres com deficiência mental | Fotos: Divulgação/Sedes-DF

 

Na ação, foram retiradas toneladas de lixo, entre dejetos humanos e de animais, restos de alimentos estragados e baratas. “Começamos a atender essa família no final do ano passado, após demanda do Ministério Público. Foi um trabalho delicado de sensibilização tanto dos usuários quanto dos familiares. No começo, todos eram muito arredios. Pouco a pouco, fomos conseguindo a confiança deles para executar nosso trabalho”, explica a assistente social do Creas Planaltina, Aryanne Rezende da Silva.

 

Casa não precisou ser interditada; com a limpeza e os cuidados da família, moradoras poderão viver no local de forma saudável

 

A casa fica nos fundos de um terreno em Planaltina e abriga uma mulher de 56 anos e duas filhas gêmeas, de 29 anos. “Percebemos que, neste caso específico, houve um rompimento do vínculo com o resto da família, tanto da mãe com os irmãos, quanto com outros filhos e até com a avó das gêmeas, que é a proprietária do lote onde fica essa casa. Elas têm comprometimento intelectual grave e estavam abandonadas”, conta Aryanne. “Nosso trabalho consiste, principalmente, em retomar esse vínculo, conversar com a família, mostrar que é importante darem o apoio necessário a elas. E vamos intervir, se necessário, para garantir esses cuidados”.

O mutirão de limpeza realizado na última semana encheu um caminhão com o lixo retirado da casa. “As três acompanharam toda a ação. No começo, a mãe se mostrou resistente à retirada de alguns objetos, porque ela é acumuladora. Mas nós conversamos com ela e deu tudo certo”, pontua a assistente social do Creas Planaltina.

A residência não precisará ser interditada. Com a limpeza e os cuidados da família, a três mulheres poderão viver no local de forma saudável. “A família se comprometeu, inclusive, a comprar um colchão novo para essa mãe, porque o dela estava estragado com a sujeira”, complementa Aryanne.

“Essa ação é só um exemplo da importância do trabalho do Creas para retomada da dignidade e da autonomia das pessoas em vulnerabilidade social, em situação de violação de direitos ou vítimas de violência. Além de viabilizar o acesso desses cidadãos aos serviços e benefícios da política de assistência social, o Creas auxilia essas pessoas a superar as violências sofridas ou a diminuir os danos causados por elas, com resgate e fortalecimento dos vínculos familiares, acolhimento e recuperação da autoestima”, ressalta a secretária de Desenvolvimento Social do Distrito Federal, Ana Paula Marra.

 

*Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social do Distrito Federal (Sedes-DF)