Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
12/01/24 às 14h02 - Atualizado em 12/01/24 às 14h02

Com aporte de R$ 15 milhões, DF terá mais 20 mil lâmpadas LED até março

Endereços de Samambaia, Park Way, Lago Sul, Jardim Botânico, São Sebastião, Gama, Plano Piloto, Ceilândia, Santa Maria, Vicente Pires e Paranoá serão beneficiados por contratos assinados no fim de 2023

Agência Brasília* | Edição: Vinicius Nader

Com a orientação do governador Ibaneis Rocha de substituir todo o parque de iluminação pública até 2026, a Companhia Energética de Brasília (CEB) tem intensificado os trabalhos para executar os investimentos na substituição das luminárias convencionais por modelos em LED, tanto os oriundos da Secretaria de Obras e Infraestrutura do Distrito Federal (SODF) quanto os decorrentes de emendas parlamentares e de recursos das administrações regionais. Vias importantes, como os novos viadutos do Sudoeste e de Sobradinho e o Túnel Rei Pelé, em Taguatinga, contam com a iluminação de alta qualidade proporcionada pelas luminárias em LED.

Em dezembro de 2023, foram fechados 42 contratos de eficientização, um investimento de mais R$ 15 milhões para substituição de outras quase 20 mil lâmpadas até março de 2024. O exercício de 2023 foi encerrado com mais de R$ 45 milhões destinados à instalação de mais de 34 mil luminárias de LED. Desse total, já foram executados R$ 29,7 milhões, destinados à instalação de mais de 34 mil luminárias de LED em diversas regiões administrativas.

Além de melhorar a iluminação, as novas lâmpadas aumentam a segurança para a população | Fotos: Divulgação/CEB Ipes

O presidente da CEB, Edison Garcia, ressalta que o esforço concentrado para executar os contratos assinados demonstra o empenho da empresa em melhorar a iluminação do DF. “É extremamente importante agilizar o processo de substituição de lâmpadas convencionais por LED. Cada quadra, comercial ou residencial, importa para melhorar a qualidade de vida da população local”, diz.

Diversas regiões administrativas serão beneficiadas pelos contratos de eficientização assinados no final do ano: Samambaia, Park Way, Lago Sul, Jardim Botânico, São Sebastião, Gama, Plano Piloto, Ceilândia, Santa Maria, Vicente Pires e Paranoá.

O Parque Ana Lídia foi um dos pontos que receberam investimentos da CEB em 2023

Mais de 20 quadras do Plano Piloto também receberão iluminação de LED via recursos de emendas parlamentares. Na Asa Norte, serão contempladas as quadras comerciais da 702 até a 710, além das quadras residenciais 306, 110,112, 313 e 116. Na Asa Sul, serão instaladas LEDs na 104, 304, 112, 113, 114 e na entrequadra da 112/113.

“Essa eficientização é valiosa para a população que mora e circula pela região, pois proporciona mais segurança e qualidade de vida”, afirma o administrador do Plano Piloto, Valdemar Medeiros.

As luminárias com tecnologia LED – lâmpada brancas – garantem melhor qualidade de iluminação e aumentam a sensação de segurança da população. “Lugares que já investiram em iluminação de LED perceberam redução do índice de violência. É isso que queremos na nossa cidade: pessoas mais seguras principalmente mulheres e crianças”, destacou Garcia.

Além da qualidade, as luminárias modernas permitem a redução de gasto com energia, com uma economia que pode chegar a 50%. Garcia explica que a modernização das luminárias terá um grande impacto econômico “Hoje, a conta de energia do governo está na faixa de R$ 180 milhões a R$ 200 milhões por ano. A gente pode alcançar cerca de R$ 80 milhões a R$ 100 milhões de eficiência fazendo com que essa conta caia consideravelmente para investirmos esse valor”, detalha.

O presidente da CEB também destaca que a iluminação de qualidade deve beneficiar todas as pessoas que moram ou frequentam o Distrito Federal. “É natural que as pessoas se sintam mais seguras em ambientes mais claros. Melhora o patrulhamento policial, permite a utilização de todos os espaços públicos como praças e parques e facilita a locomoção de idosos e pessoas com deficiência”, aponta.

População aprova

As luminárias modernas permitem a redução de gasto com energia, com uma economia que pode chegar a 50%

A moradora do Paranoá Luciana Matos, 32 anos, afirma que a iluminação em LED ajuda muito na segurança pública. “Tem muita gente que chega do trabalho depois que escurece, crianças que voltam da escola à noite e idosos com dificuldade de locomoção que precisam
enxergar onde estão caminhando. A cada poste que a CEB coloca, todo mundo comemora”, conta.

O morador de Água Claras, Melquides Siqueira, 72, costuma andar de bicicleta na região e agora estará muito mais seguro: “Antes isso aqui era uma escuridão, agora ficou tudo claro e bonito”.

A iluminação nova também alegrou outro morador de Águas Claras, Sumio Motshiima, 82. “Eu moro aqui há mais de 50 anos e sempre foi muito escuro. A gente tem medo dos criminosos”, diz.

A ação faz parte do programa Luz que Protege que pretende trocar toda a iluminação pública do Distrito Federal por LED.

*Com informações da CEB Ipes