Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
16/05/24 às 10h43 - Atualizado em 16/05/24 às 10h43

GDF investe na recuperação do pavimento asfáltico de duas regiões administrativas

Nova licitação prevê a execução de projetos para a recuperação de vias importantes do Riacho Fundo e do Riacho Fundo II

Por Agência Brasília* | Edição Ígor Silveira

Após a conclusão da via de ligação entre o Caub I e II, o Governo do Distrito Federal (GDF) segue investindo em melhorias nas regiões administrativas do Riacho Fundo e Riacho Fundo II. Prova disso é a publicação do edital para a contratação de empresa responsável pela elaboração dos projetos para a recuperação do pavimento asfáltico entre as duas RAs. O certame está marcado para 10 de junho, às 9h. O investimento previsto é de cerca de R$ 550 mil.

 

Cerca de R$ 550 mil serão investidos na recuperação do pavimento asfáltico entre o Riacho Fundo e o Riacho Fundo II | Foto: Adriano Teixeira /Novacap

 

Por questões de logística, a licitação foi dividida em três lotes. O primeiro prevê o investimento de R$148.027,01 para a recuperação da via que liga as RAs Riacho Fundo e Riacho Fundo II. O segundo, com investimento de R$ 251.660,026, prevê a execução de pavimento asfáltico da via que liga o Caub I à Escola Classe Ipê. O último lote prevê a readequação do reservatório de detenção e lançamento, incluindo Plano de Segurança do Sistema de Drenagem Pluvial Urbana da Área de Desenvolvimento Econômico.

“Avançar na recuperação do pavimento asfáltico das cidades é uma determinação do governador Ibaneis Rocha que estamos empenhados em cumprir. O asfalto nessas localidades está bastante deteriorado. Trata-se de investimento necessário e há muito aguardado pelos moradores do Riacho Fundo I e Riacho Fundo II”, destaca o secretário de Obras, Válter Casimiro.

“A Novacap tem tido um olhar especial em relação a essa obra, uma vez são localidades com intenso fluxo e que vai atender a milhares de pessoas. Sabemos que são demandas antigas e recorrentes da população, as quais, finalmente, essa gestão atuou para atender”, enfatiza o presidente da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil, Fernando Leite.

*Com informações da Novacap