Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
22/02/24 às 11h03 - Atualizado em 22/02/24 às 11h03

GDF publica chamamento para instalação de 11 novas tendas de hidratação

Publicação desta quarta-feira (21) em edição extra do DODF prevê a contratação de empresa para instalar e prestar atendimento nas estruturas de acolhimento a pacientes com dengue

Ian Ferraz e Thaís Miranda, da Agência Brasília | Edição: Débora Cronemberger

 

A autorização para dar início à montagem de 11 tendas de acolhimento destinadas aos pacientes com dengue foi dada pelo governador Ibaneis Rocha nesta quarta-feira (21). A decisão foi publicada em edição extra no Diário Oficial do DF (DODF), que divulga o edital de chamamento público para a instalação dos espaços, bem como a prestação de serviços de atendimento e hidratação aos que procurarem uma das estruturas.

 

Em um mês, as tendas de hidratação ofereceram mais de 37 mil atendimentos a pacientes diagnosticados com dengue | Foto: Geovana Albuquerque/Agência Brasília

 

Os interessados devem encaminhar as propostas até as 15h do dia 28 de fevereiro para os e-mails inexigibilidade.sesdf@saude.df.gov.br e inexigibilidade.sesdf@gmail.com. A íntegra do edital está disponível no site da Secretaria de Saúde.

As estruturas serão instaladas em Vicente Pires, Varjão, Gama, Taguatinga, Guará, Plano Piloto, Paranoá, Planaltina e Águas Claras. Ceilândia e Samambaia, que já contam com uma, também serão beneficiadas com mais um espaço de acolhimento.

“As tendas de hidratação têm causado um efeito positivo no combate à dengue no DF, acolhendo a população em espaços além dos já oferecidos na rede pública de saúde. Essa ampliação busca trazer mais confortos e portas de acolhimento aos moradores em mais cidades. Juntos iremos vencer a luta contra a dengue”, destacou o governador Ibaneis Rocha.

A procura por esses espaços é grande. Somados aos atendimentos nas unidades básicas de saúde (UBSs), eles correspondem a mais de 27% do total. Por semana, foram atendidas em média nove mil pessoas, sendo que as tendas de Samambaia, São Sebastião e Ceilândia são as de maior movimento.

Além destas regiões, há mais tendas em pleno funcionamento no Sol Nascente, em Brazlândia, na Estrutural, no Recanto das Emas, em Santa Maria e em Sobradinho. Instituídas há um mês, as estruturas somaram mais de 37 mil atendimentos aos pacientes diagnosticados com a dengue.

De acordo com a secretária de Saúde do DF, Lucilene Florêncio, a ampliação no número de tendas vai aproximar o atendimento médico à população do DF e desafogar outras unidades da rede. “Nós temos atualmente nove espaços montados para fazer o atendimento básico dos pacientes acometidos pela doença. O nosso objetivo ao ampliar é levar essas novas tendas a outras regiões para que a população não precise se deslocar até um hospital para conseguir atendimento que pode ser feito nesses locais”, pontuou.