Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
2/06/23 às 15h00 - Atualizado em 2/06/23 às 15h00

Liberados mais de R$ 41 milhões para DF Social e cartões Gás e Prato Cheio

Os novos beneficiários do programa de alimentação já podem retirar o documento nas agências do BRB; confira o calendário

Agência Brasília* | Edição: Chico Neto

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) liberou, nesta quinta-feira (1º), R$ 41.601.260 para pagamento do Cartão Prato Cheio, DF Social e Cartão Gás. No caso do Cartão Prato Cheio, foram 100 mil famílias vulneráveis que receberam crédito de R$ 250 para a compra de alimentos, com investimento de R$ 24.972.250.

Apenas novos beneficiários precisam retirar os cartões nas agências do BRB | Foto: Divulgação/Sedes

Já o DF Social beneficiou 63.853 mil famílias, às quais foram destinados, no total, R$ 9.629.010. Para o Cartão Gás, foram 70 mil famílias contempladas, com o montante de R$ 7 milhões. Há beneficiários que recebem tanto o Prato Cheio quanto o DF Social e o Cartão Gás.

“Trabalhamos para pagar esses benefícios sociais o mais próximo possível um do outro, no início do mês, porque muitas famílias aguardam esse recurso para pagar as contas, programar as compras”, explica a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra. “São benefícios que garantem a dignidade das famílias em vulnerabilidade social.”

Os novos beneficiários do programa Prato Cheio já podem retirar o cartão nas agências do BRB. Para saber se você foi contemplado e a data e o local de retirada, é preciso acessar o site GDF Social, colocar CPF e data de nascimento.

O cronograma de entrega foi definido de acordo com a primeira letra do nome do beneficiário. Desde quinta-feira, estão disponíveis os cartões dos beneficiários com nomes que começam com as letras A, B, C e D.

Os demais beneficiários vão receber os cartões nas agências do BRB ao longo da próxima semana, conforme calendário abaixo:

→ A – dia 1º;
→ B a D – dia 2;
→ E a F – dia 5;
→ G a J – dia 6;
→ K a L – dia 7;
→ M – dia 9;
→ N a R – dia 12;
→ S a Z – dia 13.

A Sedes lembra que beneficiários contemplados em ciclos anteriores não precisam retirar um novo Cartão Prato Cheio, nem habilitar o documento na agência do BRB. Basta reutilizar o cartão que já estará com crédito de R$ 250. Em caso de extravio do documento, o beneficiário deve solicitar um novo cartão em uma das agências bancárias.

DF Social e Cartão Gás

Têm direito ao benefício mensal de R$ 150 do DF Social as famílias com renda per capita de até meio salário mínimo, inscritas no Cadastro Único. Mensalmente, o GDF reserva recursos para conceder o DF Social a 70 mil famílias, mas há cidadãos que não recebem o benefício porque não têm conta social no BRB – são 6.147 pessoas nessa condição.

“O cidadão não precisa solicitar o DF Social”, atenta a titular da Sedes. “Se ele atender os critérios, automaticamente tem direito ao DF Social. Basta abrir a conta no BRB. Por isso, faça a consulta.”

Para saber se está entre os beneficiários, o cidadão também deve consultar o site GDF Social. A abertura da conta pode ser feita pelo aplicativo BRB Mobile. É necessário ter em mão um documento original com foto – Registro Geral ou Carteira Nacional de Habilitação.

Ainda na quinta-feira, também foi liberado o pagamento do Cartão Gás para 70 mil famílias. O benefício de R$ 100 é pago em parcelas bimestrais para a compra de botijão de 13 kg de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP). Os beneficiários podem utilizar o cartão apenas nos estabelecimentos cadastrados no programa para compra exclusiva do botijão de cozinha.

Para ter acesso ao Cartão Gás, é necessário ter inscrição no Cadastro Único, renda familiar per capita de até meio salário mínimo (R$ 606), declarar comprometimento de renda com a aquisição do GLP de 13 kg, morar no Distrito Federal e ter idade igual ou superior a 16 anos.

*Com informações da Sedes