Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
23/11/23 às 11h59 - Atualizado em 23/11/23 às 11h59

Novembro Azul: 175 unidades da rede pública do DF reforçam serviços

Campanha para promoção da saúde masculina estimula atividades especiais neste mês. Atendimentos estão disponíveis durante todo o ano

Agência Brasília* | Edição: Vinicius Nader

 

Criada para promover o cuidado geral com a saúde masculina, indo além do câncer de próstata, a campanha Novembro Azul ressalta a importância da rede de 175 unidades básicas de saúde (UBS) para o atendimento à população masculina. Por meio do CEP de residência, é possível identificar qual é a UBS de referência e ter acesso a toda a carteira de serviços ofertada pela rede pública da Secretaria de Saúde (SES-DF).

“Os homens frequentam mais as unidades básicas nesse período e temos a impressão de que, a cada ano, a participação deles nos eventos é maior”, conta a diretora regional de Atenção Primária à Saúde da Região Leste, Janaína de Oliveira, responsável pelas atividades das UBSs do Paranoá, Itapoã, Jardim Botânico, São Sebastião e Jardins Mangueiral. Além do atendimento diário, ações especiais foram organizadas – por todo o DF – para ampliar o acolhimento da população masculina. Entre as atividades estão palestras, recepções festivas (cafés e lanches), testagem e ações de acolhimento. Os horários das atividades dependem da unidade.

Os homens representam apenas 34% da população presente nas consultas em UBSs | Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

O desafio é enfrentar as resistências. “É um problema muitas vezes cultural. A mulher desde cedo é estimulada à prevenção. O homem tem dificuldade. Quando procura a assistência, é porque já está doente”, explica o diretor regional de Atenção Primária à Saúde da Região Oeste, Marcondes Mendes, à frente das UBSs de Ceilândia, Brazlândia e Sol Nascente.

Por isso, uma das orientações para os profissionais é aproveitar todas as eventuais visitas desse público a uma UBS. O acompanhamento de um familiar ou a simples retirada de medicamento podem ser a oportunidade para uma abordagem. As equipes de Estratégia de Saúde da Família (eSF) também são instruídas a abordar a população masculina.

Parte das unidades básicas – como as UBS 3 e 7 de Ceilândia – fazem atendimentos de segunda a sexta-feira até as 22h, o que também é um estímulo aos cuidados com a saúde. “Aqueles que têm dificuldades de acesso, por causa do trabalho, podem procurar essas UBSs com atendimento noturno”, pontua o diretor.

Minoria nos atendimentos

Segundo dados da SES-DF, em 2023, os homens representam apenas 34% da população presente nas consultas de atenção primária, aquelas realizadas em UBSs. Esse índice inclui idosos, bebês e pacientes com doenças crônicas. Entre os homens de 20 a 59 anos, o índice cai para 28%, de acordo com dados do Ministério da Saúde para todo o país.

Confira os locais com eventos especiais do Novembro Azul previstos até o fim do mês:

Foto: Arquivo/ Agência Saúde

23 de novembro (quinta-feira)

→ UBS 3 do Recanto das Emas
→ UBS 4 do Recanto das Emas
→ UBS 8 do Recanto das Emas
→ UBS 5 de Ceilândia
→ UBS 6 de Ceilândia
→ UBS 7 de Ceilândia
→ UBS 12 de Ceilândia
→ UBS 13 de Ceilândia

24 de novembro (sexta-feira)

→ UBS 3 de Taguatinga
→ UBS 10 do Recanto das Emas
→ UBS 11 do Recanto das Emas
→ UBS 3 de Ceilândia
→ UBS 10 de Ceilândia

25 de novembro (sábado)

→ UBS 1 do Guará
→ UBS 1 do Areal
→ UBS 2 do Areal
→ UBS 12 de Samambaia
→ UBS 5 do Recanto das Emas
→ UBS 10 do Recanto das Emas
→ UBS 11 do Recanto das Emas

27 de novembro (segunda-feira)

→ UBS 5 de Santa Maria

28 de novembro (terça-feira)

→ UBS 1 do Cruzeiro
→ UBS 1 de Vicente Pires
→ UBS 1 de Samambaia
→ UBS 11 de Samambaia
→ UBS 16 de Ceilândia
→ UBS 18 de Ceilândia

29 de novembro (quarta-feira)

→ Terminal rodoviário do Núcleo Bandeirante
→ UBS 2 de Taguatinga
→ UBS 8 de Taguatinga
→ UBS 2 de Samambaia
→ UBS 3 de Samambaia
→ UBS 6 de Samambaia
→ UBS 7 de Samambaia
→ UBS 8 de Samambaia
→ UBS 10 de Samambaia
→ UBS 4 de Santa Maria
→ UBS 10 de Santa Maria

Os endereços de cada unidade e horários de funcionamento podem ser consultados no InfoSaúde.

*Com informações da Secretaria de Saúde