Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
18/05/23 às 10h46 - Atualizado em 18/05/23 às 10h46

Novos centros de educação da primeira infância em quatro regiões do DF

Taguatinga, Ceilândia, Samambaia e Santa Maria estão com projetos e contratações em andamento; cada nova instalação vai atender 396 crianças em dois turnos e 188 em período integral

Agência Brasília* | Edição: Chico Neto

Em financiamento viabilizado por meio de parceria entre o Governo do Distrito Federal (GDF) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), novos centros de educação da primeira infância (Cepis) estão se espalhando por todo o DF. As unidades estão sendo construídas para garantir educação de qualidade a crianças de até 5 anos e 11 meses.

Projeto das unidades a serem construídas: mais conforto para atender as crianças | Arte: Novacap

Em Taguatinga, o projeto do Cepi na QNJ 56 AE 18 está na fase de ajustes pela empresa contratada para o início das obras. “Taguatinga merece todo o nosso carinho e nossa atenção, por isso temos buscado fazer um investimento seguro na região”, disse o governador Ibaneis Rocha ao emitir a nota de serviço, no dia 10. Orçada em R$ 5,4 milhões, a obra será fiscalizada pela  Novacap.

Ceilândia e Santa Maria

Em Ceilândia, dois projetos estão disponíveis: um de R$ 5,1 milhões e outro  de R$ 5,7 milhões. Em processo de contratação pela Secretaria de Educação (SEE), as empresas terceirizadas apresentarão garantias, para que, no momento seguinte, sejam emitidas as  ordens de serviço para dar início aos trabalhos.

“A Secretaria de Educação tem priorizado a entrega de novas creches à população do Distrito Federal porque sabe que muitas mães dependem desse atendimento para que possam trabalhar e estudar tranquilas, sabendo que o filho está sendo bem-cuidado”, ressalta a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá. “Então, com esse olhar cuidadoso, sempre buscamos ampliar vagas de creches para a população, priorizando principalmente as famílias em situação de vulnerabilidade social.”

Em Santa Maria, a análise das propostas projetadas pelas empresas está quase concluída para a contratação e emissão da OS. Já em Samambaia, a empresa vencedora da licitação desistiu do projeto. A segunda colocada aceitou o convite e, atualmente, os trâmites administrativos estão sendo realizados para que a SEE oficialize a contratação.

Estrutura

Cada uma das instalações tem capacidade para atender até 396 crianças em dois turnos e 188 em período integral. As categorias Cepi são divididas em Creche I (crianças até 11 meses de idade), Creche II (1 ano a 1 ano e 11 meses), Creche III (2 a 3 anos e 11 meses) e Pré-escola (4 a 5 anos e 11 meses).

*Com informações da Novacap