Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
30/05/23 às 16h30 - Atualizado em 30/05/23 às 16h30

Orla do Lago Veredinha é reformada e vai ganhar deck de madeira

Cartão postal de Brazlândia recebe serviços como pintura e capinagem ao longo dos seus 24,5 mil m² para deixar o espaço pronto para a comemoração dos 90 anos da cidade, no próximo dia 5

Carolina Caraballo, da Agência Brasília I Edição: Débora Cronemberger

A orla do Lago Veredinha, um dos cartões postais mais tradicionais de Brazlândia, está passando por uma reforma completa. Pintura, capinagem, limpeza e reparos prometem deixar o espaço prontinho para os 90 anos da cidade, comemorados no próximo dia 5. A área de 24,5 mil m² ainda vai ganhar um deck de madeira, mais uma opção de lazer para os frequentadores da região.

Desde 2019, Brazlândia recebeu cerca de R$ 10 milhões de investimentos em obras de infraestrutura e reformas variadas, como a que está sendo executada na orla do Lago Veredinha | Fotos: Tony Oliveira/Agência Brasília

‌O cuidado com as margens do Lago Veredinha é relativamente novo. Administradora de Brazlândia em exercício, Waldinéia Carvalho afirma que a orla passou por um longo período de abandono no passado. “Até cinco anos atrás, as pessoas ficavam inseguras de andar por aqui”, comenta. “De lá para cá, diversas obras de infraestrutura foram feitas no local, como a troca de todas as lâmpadas por LED e a reforma das calçadas”.

‌A Administração Regional de Brazlândia estima que, desde 2019, aproximadamente R$ 10 milhões foram investidos em obras de infraestrutura e reformas variadas. O valor engloba a troca de 5 mil lâmpadas por LED em toda a cidade e a recuperação completa das calçadas ao redor do Veredinha. Em janeiro, o skate park e duas quadras esportivas da orla, uma de tênis e uma de areia, foram reformadas e entregues à comunidade.

‌Aprendizes orgulhosos

‌“Vim passear na orla do Veredinha com meus filhos e mostrei com muito orgulho tudo o que eu tinha feito pela área de lazer do lago”, diz Mirian Carneiro, aluna do RenovaDF

‌Nos preparativos para o aniversário da cidade, todos os equipamentos públicos às margens do lago estão sob os cuidados de 450 alunos do RenovaDF. Comandado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet), o programa ensina noções básicas de carpintaria, jardinagem, serralheria e hidráulica, entre outras especialidades. Enquanto se qualificam, os aprendizes recuperam espaços públicos da cidade.

‌Tanto a quadra poliesportiva quanto os dois parquinhos da orla do Veredinha estão sendo pintados pelos alunos do RenovaDF. Os alambrados também têm passado por reforma, bem como os equipamentos de calistenia e o anfiteatro. “A Praça do Artesão, perto do lago, tem recebido os mesmos cuidados”, conta João Paulo Bonifácio, coordenador de obras da Administração Regional de Brazlândia. “As equipes também cuidam da limpeza da área”.

O militar Robério da Silva elogia as obras para melhorar a infraestrutura de uma das áreas mais queridas de Brazlândia: “A gente vê muita diferença, né? Fico realmente admirado”

‌Segundo a administração regional, pela primeira vez na história do RenovaDF, todos os aprendizes que estão trabalhando em Brazlândia são moradores da cidade. A oportunidade de cuidar da região onde vive há 23 anos tem sido um incentivo a mais para a aprendiz Mirian Carneiro, 50 anos.

‌“Vim passear na orla do Veredinha com meus filhos e mostrei com muito orgulho tudo o que eu tinha feito pela área de lazer do lago”, comemora a aluna. “Aprender uma nova profissão e, ao mesmo tempo, contribuir para deixar a cidade onde moro mais bonita tem sido muito gratificante, não só para mim, mas para toda a minha turma também”, completa Mirian.

‌Nova opção de lazer

‌Além dos parquinhos, dos espaços dedicados à prática esportiva e do anfiteatro, a orla do lago vai ganhar mais uma opção de lazer. O Veredinha foi presenteado pela Novacap com a construção de um deck de madeira no valor estimado de R$ 80 mil. A estrutura de 95,5 m² já está em construção. Além disso, nas últimas duas semanas, a autarquia também cuidou da poda e do plantio de cerca de 2.100 mudas de flores na área.

‌Quem frequenta as margens do lago tem aplaudido as melhorias no local. É o caso do militar Robério da Silva, de 54 anos. Morador de Brazlândia há quatro décadas, ele celebra os cuidados com uma das áreas mais queridas da cidade. “Pintura, paisagismo, limpeza, iluminação… A gente vê muita diferença, né? Fico realmente admirado”, afirma. “Agora é pedir para a comunidade cuidar direitinho de tudo o que foi feito aqui”.