Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
18/10/23 às 8h52 - Atualizado em 18/10/23 às 9h00

Resultados de projeto para fortalecer o SUS são apresentados em evento

Iniciativa da Secretaria de Saúde realizada nesta terça-feira (17), em Brasília, reuniu representantes de todo o país

Agência Brasília* | Edição: Igor Silveira

 

Humanização do atendimento, redução do caso de doenças imunopreveníveis, cuidado com mulheres e recém-nascidos, promoção do bem-estar das pessoas com transtornos mentais e avaliação da sociedade em relação aos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). Estas são algumas das metas da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) para o período de 2024 a 2027, apresentadas nesta terça-feira (17), durante o “Seminário de Resultados do Projeto de Fortalecimento da Gestão Estadual do SUS”, realizado em Brasília (DF).

DF ganha destaque no Seminário de Resultados do Projeto de Fortalecimento da Gestão Estadual do SUS | Fotos: Divulgação/Agência Saúde-DF

O evento contou com a presença de representantes de secretarias de Saúde de todo o país, que mostraram os resultados alcançados por meio de ações para planejar, monitorar e avaliar planos estaduais de saúde, além da melhoria de seus processos gerenciais. “É a primeira vez no Brasil que temos 27 planejamentos coerentes com os instrumentos de gestão, respeitando suas peculiaridades e especificidades”, comemorou a diretora executiva da Sustentabilidade e Responsabilidade Social do Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC), Ana Paula Pinho. A instituição atuou no suporte técnico, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS).

“Temos que fazer projetos bem desenhados e colocarmos à disposição da população brasileira”, resumiu o secretário executivo do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Jurandi Frutuoso, que, durante o seminário, também destacou a implantação de novas tecnologias e a busca por eficiência no SUS.

DF já tem metas para a saúde a serem alcançadas no período de 2024 a 2027

Para alcançar tais resultados positivos, o coordenador de gestão dos Instrumentos de Planejamento do Ministério da Saúde, Rui Santos, afirmou que “é necessário ter planejamento e ter gestão.”

Na SES-DF, o projeto de fortalecimento da gestão estadual do SUS envolveu a implantação de um grupo de trabalho com uma técnica responsável pela melhoria dos processos de gestão, monitoramento e avaliação; atualização da identidade organizacional, revisão da missão, visão e valores; elaboração do Plano Distrito de Saúde; fortalecimento do Plano de Governo; e alinhamento com os demais instrumentos de planejamento, como a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), a Lei Orçamentária Anual (LOA) e o Plano Plurianual (PPA). A alta gestão do governo do Distrito Federal (GDF) e da SES-DF apoiaram o ciclo de planejamento.

A secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, convidada para a mesa de abertura, ressaltou a singularidade do Distrito Federal. “Tudo o que se faz na capital precisa ser original, porque não há outro território semelhante”, disse. A gestora destacou a importância das capacitações, da avaliação das iniciativas pela população e do diálogo entre os entes federativos. “Tudo o que construímos nos últimos anos veio para que estivéssemos alinhados”, completou.

*Com informações da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF)