Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
27/11/23 às 16h29 - Atualizado em 27/11/23 às 16h29

Saúde nomeia 56 médicos para reforçar serviços prestados à população

Com a convocação, sobe para 726 o número de médicos nomeados em 2023

Agência Brasília* | Edição: Vinicius Nader

 

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) nomeou, nesta segunda-feira (27), 56 médicos, da especialidade clínica médica, visando melhorar o atendimento nos leitos de retaguarda e reforçar as unidades móveis avançadas do Samu. Os servidores vão reforçar o quadro profissional da pasta e aperfeiçoar os serviços de saúde prestados à população. Com a convocação, publicada na Edição 220 do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), sobe para 726 o número de médicos nomeados em 2023.

Os candidatos têm até 30 dias para tomar posse, a contar da nomeação. O primeiro passo é realizar perícia médica e reunir toda a documentação exigida | Foto: Breno Esaki/Arquivo Agência Saúde DF

Para a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, a chegada de novos médicos é reflexo de uma ação conjunta bem coordenada pelo Governo do Distrito Federal (GDF). “Todo o processo foi conduzido com notável agilidade, competência e organização, desde a fase inicial do planejamento orçamentário, considerando as receitas provenientes deste concurso. A nomeação de 56 médicos, ampliando a rede de atenção, é um passo significativo impulsionado pela visão proativa do governador Ibaneis Rocha e da vice-governadora Celina Leão. Essa iniciativa bem-sucedida foi possível graças à eficaz coordenação com a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Administração (Seplad). Agora, com a nomeação dos aprovados que estavam no final da fila, fortalecemos significativamente nosso quadro médico, visando uma prestação de serviços mais eficiente para atender às necessidades da população do Distrito Federal”.

Posse on-line

Os candidatos têm até 30 dias para tomar posse, a contar da data da nomeação. O primeiro passo é realizar perícia médica e reunir toda a documentação exigida. Depois, é preciso enviá-la, por meio do sistema de peticionamento eletrônico, ao Núcleo de Admissão e Movimentação (Nuam) da SES.

Após a análise dos documentos, o núcleo entrará em contato por e-mail ou WhatsApp para a posse virtual. Todas as informações sobre a documentação exigida e os prazos podem ser consultadas aqui.

*Com informações da Secretaria de Saúde (SES-DF)