Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
9/05/23 às 11h54 - Atualizado em 9/05/23 às 11h54

Segunda-feira dedicada à limpeza em duas cidades do DF

‌Equipes do GDF Presente recolheram 293 pneus e 12 toneladas de entulho no Sol Nascente, além de reformarem uma praça no Paranoá

Carolina Caraballo, da Agência Brasília | Edição: Chico Neto

A semana começou com um dia dedicado à limpeza em duas regiões administrativas do Distrito Federal. Nesta segunda-feira (8), equipes do GDF Presente estiveram no Sol Nascente recolhendo pneus, galhadas e entulhos dos mais diversos tipos.

Praça Central do Paranoá também ganhou serviços de manutenção | Fotos: GDF Presente

Já  no Paranoá, serviços de roçagem e pintura foram finalizados em um dos espaços mais significativos da cidade, a Praça Central. O local foi reformado em 2021, quando recursos de aproximadamente R$ 270 mil equiparam a pracinha com chafariz, coreto e guarita.

“Trabalhamos desde quarta [3] para limpar e roçar a área, pintar os bancos e fazer a lavagem da fonte, que estava muito suja; ficou tudo muito bem-cuidado”, detalha o coordenador do Polo Leste do GDF Presente, Júnior Carvalho. Participaram desse serviço oito reeducandos da Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap).

Risco à saúde

Pneus sem uso, que acumulavam água e serviam de pontos de criação do mosquito da dengue no Sol Nascente, foram todos retirados

‌Já a limpeza feita no Sol Nascente resultou no recolhimento de 293 pneus. As ações ficaram concentradas na VC-311 e no Trecho 3 da região administrativa. De acordo com o coordenador do Polo Oeste II, Germano Guedes de Souza, os trabalhos tiveram apoio do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e de três reeducandos da Funap.

‌Acumulados nas ruas, os pneus velhos não apenas deixavam as ruas mais feias: representavam perigo para a comunidade, observa Germano. “O período da chuva ainda não acabou, e a água acumulada nesses pneus cria o ambiente ideal para a propagação do mosquito transmissor da dengue”, atenta o coordenador.  ‌

Além de pneus, 12 toneladas de resíduos foram recolhidas durante a ação, em especial na área verde localizada às margens da VC-311. “Retiramos galhadas, entulho de obra, lixo orgânico e até animais mortos”, relata o diretor de Obras da Administração do Sol Nascente/Pôr do Sol, Cairo Vaz.

‌O trecho de 300 m lineares, segundo Cairo, tem sofrido com o descarte irregular de resíduos por parte da população. “Agora que o espaço está limpo, vamos investir no cercamento da área com pneus”, adianta. De acordo com o gestor, a Secretaria de Obras ajudará nesse serviço.